mulheres no metal youtube

Olá, pessoal!
Apesar de movimentar pouco o blog e até questionar a funcionalidade dele nesse momento, resolvi fazer esse post aqui, para alguns que o acompanharam, para dizer que, finalmente, o Mulheres no Metal pode ser visto no YouTube nos links:

Versão sem legenda, com qualidade de vídeo maior:

E a versão legendada, com uma qualidade de vídeo um pouquinho menor, mas legal para web:

mulheres no metal view

Gostaria de agradecer a tod@s que curtiram, compartilharam, comentaram e convidar a espalhar ainda mais a palavra contra o preconceito e o sexismo!

Em breve também colocarei um link direto para download, com a capa e todos os arquivos para quem quiser montar o seu próprio DVD.
Espero voltar a escrever aqui com novidades bacanas!

Quem ainda não assistiu ao vídeo, não deixe de dar uma olhada, pois vale a pena!

Valeu!

Anúncios

Livro Mulheres do Rock - o rock do DF e do entorno sob o ponto de vista feminino

Esse aqui caiu na minha mão durante a produção do “Mulheres no Metal”. Achei muito fantástica a publicação, não só por ter sido escrita apenas por mulheres, por ter representantes de muitas bandas fodas ( não só de metal, mas de punk tb, muito legal!). Mas, também, porque em alguns relatos, por exemplo, dava para sacar o quanto a cena metald e Brasília estava muito próxima à cena de BH. As meninas contam de viagens que faziam e se encontravam com as bandas daqui, ou de vindas delas para Bh… muito legal, recomendo demais essa leitura! Infelzimente, acho que não é tão tranquilo comprar. Quando adquiri, haviam poucos exemplares disponíveis na Berlin Discos. Agora, achei um para vender nesse link aqui do mercado livre:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-426441200-mulheres-do-rock-o-rock-do-df-e-do-entorno-livro-novo-_JM

Imagem  —  Publicado: novembro 27, 2012 em O projeto

Rosane Galvão, Flammea

Rosane é baixista da Flammea, tocou também na banda Rarabichuebas, com a qual ganhou o prêmio de melhor baixista do Skol Rock de 1996. Atualmente, ela é professora na academia de letras, idealizadora e organizadora do festival She Shakes The Earth. Toca atualmente na banda Sound N’ Rage, que se prepara para lançar o primeiro álbum no primeiro semestre de 2013.

Imagem  —  Publicado: novembro 26, 2012 em O projeto

Ana Lima, Flammea

É baterista de uma das bandas precursoras de heavy metal em Brasília, a Flammea, que teve sua origem na formação da “Postmortem”. A Flammea gravou uma demo em 1984 chamada “Witches”.
Ana participou do projeto She Shakes The Earth e escreveu um dos capítulos do livro “Mulheres do Rock”: o rock do DF e do entorno sob o ponto de vista feminino.

Imagem  —  Publicado: novembro 26, 2012 em O projeto

Ariadne, Valhalla

Ariadne toca bateria desde os 15 anos de idade. Musicista versátil, já tocou em bandas de death/thrash, glam rock e heavy. Desde 2005 toca death metal em uma das bandas mais importantes do metal feminino, a Valhalla. Junto da Valhalla, gravou o elogiado álbum “Innerstorm”, em 2009.

Imagem  —  Publicado: novembro 26, 2012 em O projeto